img1

Mas, afinal, o que é poluição digital? 

Esta é uma forma de falar da radiação ou iluminação emitida por aparelhos eletrônicos, como tablets, computadores, notebooks, smartphones, televisão e luzes artificiais, de modo geral. Todos eles são emissores de luz azul, que oferece danos sérios para a nossa pele.

O Sol continua  sendo o principal emissor de luz azul. Isso não quer dizer que a proteção só é necessária quando estamos em locais abertos ou na praia. Como, hoje em dia, ficamos mais tempo na frente dos eletrônicos do que ao ar livre, é fundamental investir em uma proteção completa contra a luz azul.

A luz azul é uma fração da chamada “luz visível”, aquela que conseguimos enxergar, e altamente energética (também conhecida por high-energy visible light ou HEV), apesar de possuir um comprimento de onda mais curto (380-500 nm). Devido a essas características, a luz azul pode estimular a produção dos radicais livres tornando com o tempo, a pele mais envelhecida e com sinais de rugas, linhas de expressão e flacidez.

img2

Essa radiação penetra mais profundamente do que os raios UVA e UVB e atinge a camada onde estão ácido hialurônico, elastina e colágeno. E, para completar, as células responsáveis pela pigmentação têm receptores para a luz HEV, piorando os quadros de melasma. 

Para se proteger, o ideal, segundo os especialistas, é usar filtros solares contendo óxido de ferro em sua composição – os filtros com cor –, que formam uma barreira física contra a luz visível. O produto deve ser reaplicado de manhã e reaplicado na hora do almoço. 

Como  proteger a pele da luz azul?

Não importa se estamos falando de luz visível, luz azul ou radiação ultravioleta. Em qualquer um dos casos, o melhor caminho é oferecer uma proteção completa para a pele. Porém, não são todos os filtros solares que conseguem oferecer esse tipo de proteção para a pele. 

 

Alguns protetores solares que podem ajudar são os que contam com partículas que refletem essa luz, como é o caso do protetor solar com cor. Outra opção são os protetores solares feitos com ativos antioxidantes. Nesse caso, o produto vai neutralizar a formação dos radicais livres. Os mais comuns são com as vitaminas C e E.

 

Ainda que você trabalhe praticamente o dia inteiro no escritório, por exemplo, é necessário aplicar o protetor solar pelo menos duas vezes ao dia. A recomendação é que você separe ao menos uma colher de chá do produto e espalhe por todo o rosto, uniformemente. Após exposição intensa ou ao voltar do almoço, é importante fazer a reaplicação do protetor.

Já em ambientes abertos, como na praia ou piscina, o cuidado com a proteção solar deve ser ainda mais intenso. O ideal é reaplicar o produto a cada 2h ou após entrar na água e aproveitar outros acessórios de proteção, como roupas, chapéus, bonés e óculos de sol.

 

O que fazer com a radiação que a pele já recebeu e evitar que ela seja mais prejudicada?

A pele que esteve em contato com a luz azul, com a própria radiação solar, está extremamente “suja”, cheia de sujidades, poluída. Essa “sujeira” deve ser eliminada de forma correta, para que não haja mais prejuízos à pele.

img3

É uma espuma multifuncional para tratamento global da pele. Limpadora profunda de partículas de poluição + detox digital (raios azuis) + efeito mate + tratamento e prevenção do fotoenvelhecimento.

Exatamente! 

A ultra-suave espuma é capaz de higienizar todos os tipos de pele. Sua composição com complexo de flores delicadas + microalgas vermelhas promove o detox digital, enquanto a pele recebe os benefícios da remoção de partículas de poluição que causam o envelhecimento precoce e a perda de elasticidade da pele. Ao remover e secar a pele, será visível a diferença, a maciez, a textura da pele e uma incomparável sensação de pele limpa e tratada com um só produto.

img4

A Natureza oferece e a Raaz ativa!

Que saber mais sobre o Detox Poros?

Entre em contato com a Raaz